Segunda, 17 de dezembro de 2018
(37) 99103-6865
No ar
Hit´s 100,1
Cidades

04/06/2018 ás 09h53 - atualizada em 04/06/2018 ás 13h54

Redação

Campos Altos / MG

Incêndios a veículos, bancos e vias públicas são registrados no Triângulo e Alto Paranaíba
Ônibus do transporte público foram principais alvos dos criminosos em Uberlândia, Uberaba e Araxá. Alguns suspeitos já foram presos e PM segue os rastreamentos.
Incêndios a veículos, bancos e vias públicas são registrados no Triângulo e Alto Paranaíba
Foto: G1

Além dos seis ônibus incendiados em menos de quatro horas em Uberlândia e Uberaba, na tarde deste domingo (3), outros ataques foram registrados na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. De acordo com a Polícia Militar (PM), agências bancárias e vias públicas também foram alvo dos criminosos.


Até o fim da noite, a polícia já havia conseguido prender ou apreender pelo menos 21 suspeitos de terem relação com a série de incêndios e danos ao patrimônio na região. Os rastreamentos continuam nesta segunda-feira (4) na tentativa de localizar outros envolvidos e mandantes dos crimes.


Ônibus e vias são incendiados por criminosos em Uberlândia e Uberaba


Uberlândia


Três ônibus do transporte urbano de Uberlândia foram incendiados durante a tarde de domingo nos bairros Morumbi (A-236), Segismundo Pereira (A105) e Bairro Lagoinha (A118). Além disso, houve uma tentativa de incêndio frustrada a um ônibus que fazia a linha do Bairro Monte Hebron. Segundo a Polícia Militar, o autor tentou entrar no veículo com o galão de combustível, mas o motorista acelerou e conseguiu fugir.


Na agência do Banco do Brasil na Avenida Rondon Pacheco, os criminosos jogaram gasolina e tentaram colocar fogo na lixeira e em alguns papéis, mas o fogo não se alastrou e não ocasionou danos ao estabelecimento. O local foi interditado para ser feita perícia.


Na manhã desta segunda, o ecoponto do Bairro Guarani foi incendiado. Os criminosos arrombaram a porta e atearam fogo no escritório do depósito. O fogo foi controlado e atingiu parcialmente a parte de alvenaria interna, sendo que o local está funcionamento normalmente. Ainda não há informações se o ataque se trata de ato de vandalismo ou se tem ligação com a onda de incêndios.


Até o momento, a polícia conseguiu efetuar a prisão de um suspeito de envolvimento no crime no Bairro Laogoinha. O comandante do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Uberlândia, tenente-coronel Ailton Donisete de Souza, informou que há imagens de outros suspeitos e que estão sendo feitos os rastreamentos para localizá-los.


Uberaba


A maior quantidade de ataques foi registrada em Uberaba. A primeira ocorrência foi no Bairro Jardim Primavera, na Rua Conceição de Souza Araújo, por volta das 16h, com o primeiro ônibus incendiado pelos autores. Alguns minutos depois o segundo veículo foi incendiado na Rua Luciano Justiniano Ribeiro, no Bairro Jardim Maracanã. No fim da tarde, no Bairro Cidade Ozanam, os criminosos pararam o ônibus que seguia pela Rua Jovita Pinheiro, no Bairro Cidade Ozanan, e atearam fogo após os passageiros e o motorista descerem.


Um dos ônibus que foi incendiado em Uberaba (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação) Um dos ônibus que foi incendiado em Uberaba (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Um dos ônibus que foi incendiado em Uberaba (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Uma agência do Banco do Brasil, no Bairro Parque das Américas, também foi atacada na madrugada de domingo. Os autores quebraram as portas com pedras e atearam coquetel molotov. Foi registrada outra ocorrência na agência bancária da Caixa Econômica Federal (CEF), na Avenida Guilherme Ferreira, no Centro, na noite de domingo.


Os bombeiros informaram que cinco criminosos armados invadiram o local, mandaram os clientes saíram e jogaram fogo em caixas eletrônicos. O fogo foi contido e não se alastrou para o prédio. O G1 entrou em contato com as agências e aguarda mais informações sobre os fatos.


Uma agência lotérica na Avenida Bandeirantes foi incendiada. Os bombeiros foram acionados e conseguiram controlar as chamas. Há informações de uma tentativa de incêndio frustrada em outra casa lotérica da cidade, no Bairro Morumbi.


No horto municipal, os criminosos incendiaram um caminhão. Já em vias públicas, houve incêndios em via no Bairro Volta Grande, na BR-050 na altura do Bairro Jardim Alvorada e dois trechos bloqueados na BR-262, depois que os criminosos atearam fogo em pneus.


Carcaça de um caminhão foi queimada no Horto Municipal de Uberaba (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação) Carcaça de um caminhão foi queimada no Horto Municipal de Uberaba (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Carcaça de um caminhão foi queimada no Horto Municipal de Uberaba (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


A Polícia Militar prendeu alguns suspeitos na cidade, sendo que sete foram detidos no Bairro Marajó. A PM recebeu uma denúncia informando que o grupo estava recebendo ordens de facção criminosa para atear fogo em um canavial e na BR-262.


Alto Paranaíba


Cerca de cinco veículos foram incendiados em Araxá, no Alto Paranaíba, sendo um ônibus do transporte urbano. O primeiro ataque foi registrado contra um ônibus da linha Pão de Açúcar/Vila Silvéria. Depois que o ônibus parou em um ponto, um dos quatro autores entrou e ordenou que todos saíssem. Ele ateou gasolina e incendiou uma touca arremessando sobre o motor do veículo.


Três veículos de passeio também foram incendiados nos bairros Santo Antônio e Novo Horizonte. Por volta das 4h, a Polícia Militar foi acionada na Rua Conquista, no Bairro São Cristóvão, onde os pneus de um carro haviam sido incendiados. O fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros.


Durante os rastreamentos, a PM apreendeu quatro adolescentes e prendeu dois jovens suspeitos de terem envolvimentos com os ataques na cidade.


Em Patos de Minas houve um ataque frustrado a um ônibus do transporte público no Bairro Vila Garcia. Duas pessoas jogaram gasolina no veículo, mas o motorista fechou a porta e conseguiu sair antes que o ônibus fosse incendiado.


A Câmara Municipal de Vereadores de Campo Florido, na Rua Arthur Antônio da Silva, também foi alvo de ataques neste domingo. A suspeita é que o caso tenha relação com os demais ataques em outras cidades do estado.


Portas foram destruídas, além do ar-condicionado, algumas cadeiras e paredes da recepção. A suspeita é de que, assim que os militares foram até o local, os vândalos aproveitaram a ausência deles e tentaram atear fogo no quartel também, mas não conseguiram.


As chamas foram apagadas pelos funcionários da Câmara, com a ajuda de caminhões-pipa de produtores da cana da cidade. Por conta do ataque, o funcionamento da Câmara está interrompido temporariamente.


 

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium