Segunda, 19 de novembro de 2018
(37) 99103-6865
No ar
Madrugada Especial
Campos Altos

01/11/2018 ás 15h22 - atualizada em 10/11/2018 ás 20h20

Redação

Campos Altos / MG

Entre Campos Altos e Nova Serrana, BR-262 já registrou 19 mortes em 2018
A BR-262 é considerada uma das estradas mais perigosas do país.
Entre Campos Altos e Nova Serrana, BR-262 já registrou 19 mortes em 2018
Foto: Reprodução

A BR-262 é considerada uma das estradas mais perigosas do país. A rodovia cruza o país no sentido leste-oeste e interliga os estados do Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul. 


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que no primeiro semestre deste ano, já registrou mais de 500 acidentes na BR-262 em todo o estado de Minas Gerais, sendo 607 vítimas feridas e 36 vítimas fatais.


A Concessionária Triunfo Concebra, responsável pela rodovia, registrou 324 ocorrências na BR-262 entre Nova Serrana (km 435) a Campos Altos (607) entre janeiro e outubro deste ano com 134 vítimas, sendo 19 fatais. 


Segundo informações da Triunfo, colisão traseira representa a maior quantidade dos acidentes, com 78 registros.


Entre os pontos mais perigosos da rodovia, o trecho conhecido como “Serra de Luz”, no município de Córrego Danta, já registrou vários acidentes em 2018.


Em agosto deste ano, um vídeo feito por um motorista, mostra o momento exato que uma carreta não consegue fazer a curva e tomba. O motorista morreu no local.


Veja o Vídeo:



A Concessionária informou ainda, que sempre realiza trabalhos de conscientização para o trânsito e estudos pela equipe Gestão de Acidentes e Operações para melhorias de pontos perigosos no trecho. Realiza constantemente serviços que auxilia o motorista que trafega na rodovia com roçada, recuperação de sinalização vertical e horizontal, recuperação asfáltica e sistemas de drenagem. 


Desde o início da concessão foram investidos mais de R$ 1 bilhão em obras e serviços para a melhoria da segurança nas BRs 060, 153 e 262 no Distrito Federal, em Goiás e Minas Gerais.


As obras de duplicação estão suspensas em aguardo da reprogramação de obras pelo poder concedente.


Em situação de chuva


Segundo as orientações da PRF, durante a chuva ou com o asfalto molhado, o motorista deve aumentar a distância em relação ao veículo que trafega à sua frente. Assim, é possível evitar freadas bruscas, que nessas condições elevam o risco de derrapagens e aquaplanagens, que podem gerar acidentes. 


Grande parte dos acidentes sob chuva é provocada pela aquaplanagem, situação em que o veículo perde a aderência dos pneus com o solo. Nestes casos, o motorista deve utilizar o freio motor (redução da velocidade com a utilização do câmbio) e não acionar o freio, que pode causar perda de controle. 


 

FONTE: TapiraíMG TV

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium