Quarta, 20 de março de 2019
(37) 99103-6865
No ar
Ao Por do Sol
Polícia

26/12/2018 ás 19h31 - atualizada em 28/12/2018 ás 13h53

493

/

Homem é preso e confessa ter matado jovem de 21 anos a facadas em Poços de Caldas
Lara Adélia Floriano era de Mogi Guaçu (SP) e estava morando na cidade há cerca de 20 dias.
Homem é preso e confessa ter matado jovem de 21 anos a facadas em Poços de Caldas
Jovem foi morta em local próximo a um hospital em Poços de Caldas — Foto: Reprodução Facebook

Um homem foi preso e confessou, nesta quarta-feira (26), ter matado a jovem Lara Adélia Floriano, de 21 anos, em Poços de Caldas (MG). O crime aconteceu na madrugada do dia 18 de dezembro, quando a vítima foi atacada com uma faca no bairro Jardim América. Outro rapaz que havia sido preso em flagrante foi liberado também nesta quarta.


De acordo com a Polícia Militar, funcionárias do Hospital Poços de Caldas viram quando a vítima passou pela rua Georgeta Dias Monteiro acompanhada de um rapaz e seguiu até um barranco em um terreno baldio. As testemunhas ouviram os gritos da jovem no momento da agressão.


Momentos depois, Lara conseguiu fugir do agressor, mas foi alcançada por ele e golpeada várias vezes com uma faca. A jovem foi socorrida por pessoas que estavam no hospital, mas deu entrada no ambulatório já sem vida.


Lara era de Mogi Guaçu, no interior de São Paulo, e estava morando na cidade há cerca de 20 dias. O corpo foi levado para a cidade paulista, onde foi velado e enterrado no dia seguinte.


Homem preso e liberado


Um rapaz de 20 anos chegou a ser preso ao ser encontrado em meio a um matagal no interior do Kartódromo Municipal, no Parque Véu das Noivas. Ele negou as acusações, mas como foi reconhecido por testemunhas, foi levado para a delegacia.


Depois ser levado para a delegacia, o rapaz apresentou um álibi e, com o andamento das investigações, a polícia acabou por entender que ele não tinha tido participação no crime.


Suspeito confessa


A liberação do primeiro rapaz detido aconteceu após a polícia analisar imagens de uma câmera de segurança que flagrou a jovem andando pela rua com outro homem momentos antes do crime. Com isso e com um álibi plausível, ele acabou obtendo a liberdade provisória. Segundo a Polícia Civil, as roupas parecidas dos dois podem ter confundido as testemunhas.


Este outro homem foi identificado como o namorado da jovem. Segundo o delegado Ernani Peres Vaz, que investiga o caso, Lara e o agressor haviam se conhecido em uma clínica de reabilitação para usuários de drogas e depois foram morar juntos. No entanto, após um desentendimento, ele terminou por planejar e matar a menina.


O namorado foi, então, autuado por homicídio qualificado e por feminicídio e depois levado para o presídio de Poços de Caldas.

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium