Quinta, 13 de dezembro de 2018
(37) 99103-6865
No ar
Expresso Sertanejo
Cidades

05/05/2018 ás 16h51 - atualizada em 05/05/2018 ás 16h57

Redação

Campos Altos / MG

Diretor de site de notícias e jornalista morrem em acidente na BR-381, em MG
Pedro Guadalupe e Ronaldo Lenoir estavam em carro que foi prensado entre caminhões.
Diretor de site de notícias e jornalista morrem em acidente na BR-381, em MG
Diretor de site de notícias e jornalista morrem em acidente na BR-381, em MG (Foto: Reprodução/Facebook)

Criador do portal de notícias BHAZ, Pedro Guadalupe, e o jornalista Ronaldo Lenoir morreram em um acidente na BR-381, na altura de Nova Era, na Região Central de Minas Gerais, na noite desta quinta-feira (3). Na redação do site em Belo Horizonte, amigos lamentavam as mortes na manhã desta sexta-feira (4).


O acidente ocorreu por volta das 18h no km 321 da BR-381, no sentido Belo Horizonte, e envolveu dois caminhões e quatro veículos de passeio, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de João Monlevade. Pela gravidade, o atendimento da ocorrência entrou pela madrugada. Não houve fechamento da via.


O policiamento informou que um caminhão bateu em uma fila de carros, jogando os veículos para fora da pista. O carro em que estavam Lenoir e Guadalupe era o segundo da fila e foi prensado contra outro caminhão que estava à frente. Eles voltavam de um compromisso no Vale do Aço, segundo o site BHAZ.


Duas pessoas ficaram levemente feridas e já receberam alta. Uma delas é motoristas do caminhão que provocou a batida, segundo a PRF. Ele não foi ouvido pelo policiamento rodoviário porque já havia sido encaminhado ao hospital.


Nascido em Lagoa da Prata, no Centro-Oeste, Pedro Guadalupe tinha 32 anos, era casado e deixa três filhos. Ele fundou o portal BHAZ em 2013 e antes atuou na área de comunicação em campanhas políticas.


Ronaldo Lenoir era de Montes Claros, no Norte de Minas. Ele era casado e deixa duas filhas. Conforme o editor do site BHAZ, o jornalista trabalhava como freelancer para o portal de notícias e passou por vários veículos, como Rádio Globo, Diário do Comércio, Hoje em Dia e Estado de Minas, além de ter trabalhado na assessoria de comunicação do governo do estado.



“Dia muito pesado. Eram duas pessoas muito próximas, tranquilas, amáveis. Tinham uma preocupação muito grande em noticiar corretamente, em procurar sempre inovar, fazer coisas diferentes", disse o editor do site Marcelo Freitas.



O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais lamentou as mortes e desejou força para as famílias.


 

FONTE: G1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium