Quarta, 19 de junho de 2019
(37) 99103-6865
No ar
Don´t Stop
Polícia

13/06/2019 ás 07h25

4.389

Expresso Fm

Campos Altos / MG

Fazendeiro, filho e empregado são sequestrados por quadrilha no interior de Minas
Durante o crime foram feitas duas transferências bancárias para os bandidos.
 Fazendeiro, filho e empregado são sequestrados por quadrilha no interior de Minas
Reprodução

A Polícia Civil apresentou na manhã desta quarta-feira detalhes do sequestro de um fazendeiro, do filho e do empregado dele em Pitangui, no Centro-Oeste de Minas.


Segundo a investigação, a quadrilha que cometeu o crime é comandada pelo detento Breno Henrique Gonçalves de Barcelos, de 27 anos, que cumpre pena na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.


Breno anunciou na internet a venda de gados. Interessado, o fazendeiro, do Norte de Minas, foi a Pitangui. Ele conta que, na ida para a fazenda, foi surpreendido pelos assaltantes. “Fomos transferidos para os veículos deles, levados para o cativeiro, amordaçados e amarrados.”


A Divisão Antissequestro do Departamento e Operações Especiais (Deoesp) da Polícia Civil tinha informações sobre a possibilidade do crime e tentou evitá-lo, mas quando chegou as vítimas já haviam sido pegas. Os policiais encontraram o cativeiro.


Segundo o delegado Ramon Sandoli, uma das integrantes do bando, Daiane dos Santos Marques, de 22 anos, estava armada. Os investigadores atiraram e atingiram dois suspeitos de raspão. As vítimas foram libertadas. Além de Daiane, foram presos Rafael Silva Veloso, de 37 anos, Getúlio de Oliveira Santos e Cristiano Iago Faria, ambos de 25.


O delegado disse que Breno foi preso em novembro do ano passado, também por comandar uma gangue, e que Daiane já foi detida por matar o ex-marido, mas não houve inquérito porque a polícia considerou que ela agiu em legítima defesa. Aos 13 anos, conforme Sandoli, a mulher esfaqueou uma colega.


Durante o crime foram feitas duas transferências bancárias para os bandidos. “Final feliz, graças a Deus e ao bom trabalho feito pela polícia”, disse o fazendeiro.

FONTE: Itatiaia

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium